Escolhendo a Alternativa!

O que é que você faz quando não consegue o que quer?

Bate com o pé no chão e culpa os outros e o mundo por não o fazer feliz?
Vê só o que não tem ignorando outras possibilidades?
A minha afilhada, empolgada pelas comemorações pascais que eu ia fazer em minhacasa anunciou-me que o que ela REALMENTE queria (e o “realmente” sendo enfatizado para me mostrar a sua paixão e aimportância do seu gosto) era um cesto da Páscoa roxo. Eu disse-lhe que já tinha comprado o cesto dela, ao que ela respondeu: “Oh Katie não faz mal se não for roxo – eu gosto de todas as cores!” e lá foi ela feliz como um cordeirinho.

Quando nós geramos infelicidade por não conseguirmos exatamente o que queremos,podemos também decidir não gostar das muitas outras opções que temos disponíveis. Portanto, não só ficamos infelizes por não termos o que queremos como também ficamos infelizes por tudo o resto das nossas vidas. Roubamos a nós próprios muitos outros prazeres.

Você está a servir de modelo de quê aos seus filhos?

Kate Wilde