Voltar sempre ao Joining!

Uma coisa que acontece muitas vezes quando ensino o The Son-Rise Program® aos pais,  é pensarem que há um tempo específico para se unirem ao isso ( estereotipia) do filho e que depois… já está.

Bem, aqui está uma notícia de última hora … no The Son-Rise Program® nós voltamos SEMPRE ao joining!
Enquanto as nossas crianças tiverem ismos, nós juntamo-nos a elas.

Eu acabo de passar duas horas maravilhosas no playroom com o meu amigo lindo, o David.
Durante as últimas semanas ele tem estado espantosamente interativo, por vezes até uma hora seguida.
Parece que nos últimos meses ultrapassou o seu ismo de rodar carros para trás e para a frente e estamos a fazer todo o tipo de coisas novas como desenharmos juntos, fazer recortes, ler e escrever e fingir que telefonamos a diferentes animais.

Hoje, entrei no playroom e ele tinha tirado todos os carros e estava a fazer o seu velho ismo de os rolar para trás e para a frente ao mesmo tempo que, com a cabeça junto ao chão, os olhava muito de perto por um único olho.

Não me alarmei, nem entrei em pânico, eu não precisava que ele brincasse comigo! Voltei para o quadro de desenho e juntei-me, juntei-me, juntei-me! Não só me juntei mas pensei “SIM” que forma lindíssima e cheia de significado de lhe mostrar o meu amor AINDA incondicional e que MESMO ASSIM me divertirei tanto fazendo o ismo como quando brinco com ele. Por isso juntei-me e juntei-me e juntei-me.

Becky Damgaard

Son-Rise Program® Teacher