Dicas de linguagem

É uma das poucas pessoas que consegue entender o que a sua criança está a dizer? Quando a sua criança está a comunicar verbalmente com alguém mais próximo, a resposta que têm normalmente é “O quê?”? Se é este o caso, então, sugerimos que trabalhe a clareza de discurso com a sua criança, antes de a ajudar a dizer mais palavras ou frases mais longas. O primeiro passo para a ajudar com isso é observar como a criança forma as palavras e as frases. Eis três principais fatores a verificar:
A boca: abrem demasiado a boca quando falam e raramente juntam os lábios? Ou ficam com a boca demasiado fechada, mal a abrindo para falar? Ambas resultam em comunicações impercetíveis.
A língua: tocam com a língua nos dentes para produzir o som “d”, ou no céu da boca para o som “l”?.
Os lábios: juntam os lábios, como se fossem dar um beijo, para o som “w”? Esticam os lábios em direção às orelhas para o som “i”?
Se a criança não se expressa claramente é porque, provavelmente, não faz uma destas coisas. Assim que descobrir qual é, pode começar a ajudá-la a trabalhar essa capacidade. Pode fazer isto exemplificando-lhe como se faz, lentamente, com a sua própria boca. Enquanto está a exemplificar pode explicar-lhe cada passo verbalmente e, assim, a criança recebe indicações claras de como mover a boca para se expressar melhor.
P.S. Não se esqueça de se divertir durante o processo!
 
Autism Treatment Center of America, http://www.autismtreatmentcenter.org/