Observações para uso da sanita para criança com PEA

Um ponto importante é falar sobre as questões sobre o uso da sanita diretamente com a criança, ouvindo seus possíveis medos e receios e entendendo como ela se sente mais confortável e segura.

Orientações:

    • Físico: Podem existir razões físicas ou médicas por trás da dificuldade de usar o Wc. Discuta essas questões com o pediatra do seu filho.
    • Linguagem: Crianças com PEA (Perturbação do Espectro Autista) têm dificuldade de “entender” e utilizar linguagem. Não espere que uma criança com autismo peça para usar o WC.
    • Roupas: Algumas crianças com PEA têm dificuldade para baixar as calças ou puxá-las de volta para cima.
  • Medos: Algumas crianças com PEA têm medo de sentar na sanita ou do barulho da descarga do autoclismo. Acostumá-los com o a sanita utilizando um cronograma visual e tornando-o parte da rotina pode torná-lo menos amedrontador.
  • Sinais corporais: Algumas crianças com PEA podem não ter consciência de que precisam ir ao WC, ou de que as roupas estão molhadas ou sujas.
  • Necessidade de consistência (ou seja, rotina): Muitas crianças com PEA já definiram a sua maneira de fazer xixi ou cocô. Aprender novas maneiras de usar o WC pode ser difícil.