Dicas para ajudar o seu filho a comer vegetais

  1. Goste de vegetais. Se não gostar, como é que o seu filho irá gostar?
  2. Demonstre-o ao comer vegetais em frente ao seu filho. Coma com satisfação, como se estivesse a comer o seu prato preferido. Enquanto está a fazer isto, foque-se no quão benéfico comer vegetais é para si e, neste momento, não ofereça ao seu filho. As crianças conseguem sentir uma ‘armadilha’, por isso é importante que goste realmente de comer vegetais. Escolha um que aprecie especialmente. Se estiver a forçar a situação, o seu filho irá aperceber-se e afastar-se.
  3. Coloque tigelas de comida que quer que o seu filho ingira de forma estratégica, ou seja acessível na divisão onde está a trabalhar com ele. É importante que esta comida seja alcançável, variada e abundante. Quanto mais familiar o seu filho estiver com a comida, maior a probabilidade de a investigar.
  4. Apresente os vegetais de formas diferentes. Por exemplo, a cenoura tem um sabor e um tato diferentes quando está crua, contrariamente a quando está cozinhada. Pode amassar, refogar, ferver ou cortar em pedaços. Seja criativo quando cozinha e apresenta o resultado final.
  5. Enquanto está a trabalhar com o seu filho, pare de vez em quando e saboreie algo das tigelas previamente preparadas.
  6. Sempre que o seu filho olhar para a tigela com comida, tocar na tigela ou na comida ou comer, celebre esta vitória.
  7. Se a comida que o seu filho geralmente come (como batatas fritas, chocolate e bolachas) estão igualmente disponíveis, então obviamente irá escolher estas opções, em detrimento da comida mais saudável. É importante que apenas ofereça o que quer que o seu filho ingira. Se o seu filho se enfartar de bolachas, não terá fome o suficiente para experimentar os alimentos novos.
  8. Seja persistente e aprecie o processo de oferecer novas comidas.

 

Fonte: https://goo.gl/PBmFGQ

Traduzido por: Inês Gonçalves