Comece com a sua criança com autismo uma dieta sem glúten&caseína


Artigo escrito por: Lisa Jo Rudy

Alguns pais, aconselham vivamente a dieta livre de glúten e caseína para os seus filhos com autismo.

Enquanto a maioria dos médicos tradicionais raramente aconselham uma dieta especial para pessoas com autismo, muitos pais leem e ouvem falar do sucesso destas dietas através de sites e websites, livros amigos e conferências. A ciência envolta destas dietas é por vezes intrigante, no entanto existem imensas notas sobre estas dietas que apresentam um resultado verdadeiramente positivo nestas crianças.

As dietas sem glúten (trigo) e sem caseína (lacticínios) , são as mais populares das mais específicas dietas, e existem evidências que estas dietas são regularmente uma ajuda para os vários sintomas de pessoas com autismo tais como comportamento impulsivo, falta de atenção até mesmo problemas da fala. Mas sabemos que o trigo e os lacticínios estão presentes  na grande maioria dos alimentos que estão disponíveis e mesmo a dificuldade que é afastar uma criança de gelado, pizza, leite e maior parte de lanches e cereais. Não é tarefa fácil.

Portanto a pergunta é, o que é que é preciso para começar com uma dieta sem glúten e sem caseína?

 

Identificar Glúten e a Caseína presentes na rotina de alimentação da sua criança.

Para retirar o glúten e a caseína da rotina diária de uma criança não é tão simples quanto eliminar só o pão e o leite. De acordo com Carol Ann Brannon, nutricionista que se especializou em dietas para crianças com autismo, o glúten não só é onipresente como também pode ser encontrado o seu caminho para o sistema da sua criança através da sua pele:

  • “Glúten pode ser encontrado no trigo, centeio, cevada, aveia, espelta e quaisquer derivados desses grãos, incluindo, mas não limitado a amido de grãos de malte, lavagem de malte, proteínas vegetais/hidrolisadas vinagre de grão, molho de soja e aromas naturais. A caseína é encontrada no leite e nos produtos lácteos dos mamíferos. O glúten está presente até mesmo no Play-Doh, adesivos em selos e adesivos e muitos produtos de higiene. A soja, outro alérgeno alimentar comum, está em muitos alimentos e loções para as mãos, maquiagem, etc.

 

Começar com a GFCF (gluten free&casein free) dieta com a sua criança:

De acordo com Carol Ann Brannon, temos duas maneiras de começar com a dieta: “ mergulhar de cabeça primeiro” ou então a mais lenta maneira , começar “ com os pés molhados”.

Os pais tendem a preferir o método “mergulhar de cabeça” ou seja começar com a dieta GFCF dieta toda de uma vez e até acabam por decidir estender a dieta pela família toda. Frequentemente, tanto os irmãos como os pais acabam por beneficiar da mesma. A forma de começar “com os pés molhados” os pais optam por não consumir glúten primeiro e depois evoluem para excluir alimentos e bebidas que contenham caseína.

O número de alimentos  GF (glúten free) está cada vez mais disponível devido ao aumento da doença celíaca. Um pai deve selecionar a abordagem que melhor se adapte à sua personalidade e estilo de vida. Muitos pais começam a dieta com pavor e medo, mas logo descobrem que é mais administrável do que imaginavam. Grupos de apoio à dieta de GFCF podem ser uma tremenda ajuda para os pais. Além disso, existem muitos sites e blogs para os pais.

 

O que é que uma criança pode comer numa dieta GFCF?

Geralmente, afirma Carol Ann Brannon, “a criança pode comer uma grande variedade de carne, frango, ovos, fruta e vegetais nada que contenha glúten ou caseína. Normalmente é recomendado que alimentos orgânicos e integrais GFCF sejam sempre consumidos sempre que possível. “

A dieta GFCF advoga que até mesmo um pouco de trigo ou lacticínios poderia ter um grande impacto numa criança com autismo. Para evitar comer, acidentalmente, alimentos errados é importante ler com atenção as indicações de cada alimento, os ingredientes de  trigo e de lacticínios normalmente estão “escondidos”. É necessário também, informar os professores, terapeutas e outros adultos que estejam presentes na vida da sua criança que ele está numa dieta sem trigo nem lacticínios.

 

Fonte: https://goo.gl/2XBoqd

Traduzido por: Leonor Faria