Energia Física Intensa! – Parte 1

 

Alguma vez viu o seu filho especial ter um súbito desejo de se expressar de uma forma física intensa? Talvez ele estava calmamente sentado no seu colo e de repente estava a bater com o queixo na sua cabeça. Talvez tenha ficado empolgado durante um abraço e depois atira-o contra o chão. Talvez gosta de tocar no seu cabelo e perde-se no cheiro. Esta publicação foi inspirada numa mãe maravilhosa com quem tenho trabalhado, cujo filho de 12 anos é mais alto do que ela e consegue, por vezes, pressioná-la fisicamente. Aqui estão 3 formas de ajudar o seu filho nesta situação, inspirado no The Son-Rise Program. Publicarei mais sobre este assunto no final desta semana:

1) Posicionamento: Se sabe que o seu filho tem períodos em que é vívido (por exemplo, atira-o ao chão ou tenta morder), posicione-se de forma a conseguir proteger-se ou a controlar os seus movimentos. Não se deite no chão nem se sente mais abaixo do que ele e teste distâncias. Muitas vezes, a causa da vivacidade dos nossos filhos é por estarmos muito perto deles.

2) Seja um detetive: Procure causas da energia física do seu filho. Talvez ele tenha comido uma certa comida e teve uma reação; talvez foi quando lhe fez cócegas e ele ficou empolgado. Pergunte a si mesmo se se sente confortável com estes comportamentos do seu filho. Às vezes, conseguimos antecipar-nos e fazer certas coisas caso eles acabem por ficar contra nós.

3) Ofereça alternativas: Ao dar ao seu filho demasiados estímulos sensoriais ao longo do dia, ele pode acabar por espalhar a sua energia física sem que tudo saia de uma vez. Experimente oferecer-lhe algo que lhe dê uma pressão profunda no corpo dele, como um brinquedo de mastigar ou um salto no trampolim.

Por favor, avise se tiver alguma questão sobre este assunto, há mais por vir.

Com Amor, Becky

 

Fonte: https://goo.gl/AxaGpP

Traduzido por: André Costa