98 results for author: Edgar Ribeiro


Alimentação e Autismo – Visão de uma Nutricionista

As crianças com autismo podem beneficiar de uma dieta sem caseína (uma proteína do leite), sem glúten e sem soja e muito rica em ácidos gordos ómega 3.O que é que o autismo e outras doenças do espetro do autismo têm a ver com a alimentação? Para responder a essa questão gosto de citar um psiquiatra que ouvi numa apresentação e que diz que, na anatomia, os profissionais de saúde se esquecem que existe pescoço e que a cabeça está ligada ao corpo. Algumas doenças psiquiátricas e neurológicas envolvem apenas o cérebro, mas outras não - é o caso do autismo. E a verdade é que o cérebro funciona à custa do corpo. Isto para ...

O seu filho é viciado em Pão/bolachas ou massas?

O seu filho é viciado em Pão/bolachas ou massas? Alguns dos nossos desejos alimentares não são "mania”, mas sim um reflexo de alterações metabólicas ou fisiológicas específicas. Não estamos a referir-nos a um simples "gostava de comer aquele alimento”, mas sim de um "eu tenho mesmo que comer aquele alimento. ”As gluteomorfinas, caso sejam absorvidas para a corrente sanguínea podem ativar receptores opióides a nível cerebral. Estes são os mesmos tipos de receptores que são ativados pelas endorfinas, também elas são compostos opióides, que nos dão uma sensação de prazer. É devido às endorfinas que nos sentimos muito bem ...

Uma nova perspetiva sobre introdução de alimentos!

Em vez de pensar : “O que hei-de fazer para que o meu filho experimente novos alimentos?” Pense: “O que hei-de fazer para que o meu filho se sinta EM CONTROLO e CONFORTÁVEL com novos alimentos?”Esta será a forma de os ajudar a estar mais dispostos a experimentar novos alimentos. Se pensar nisso, comer é das poucas coisas que temos controlo na vida. Ninguém nos consegue obrigar a comer se não quisermos.Para as nossas crianças no espetro do autismo isto pode ser real e elas podem ser demasiado controladoras e seletivas quanto ao que comem e como comem. No mundo delas (que é imprevisível e impressionante), têm tendência ...

Autismo e Intestino, qual a relação?

AUTISMO, DIETA E PERMEABILIDADE INTESTINAL. QUAL A RELAÇÃO? Ter um intestino saudável é de extrema importância para a saúde em geral e é o ponto chave na diminuição da exposição tóxica, pois ele age impedindo a passagem de toxinas, proteínas mal digeridas, entre outros, para a corrente sanguínea (principal gatilho para a alteração do sistema imunológico é a entrada dessas substâncias na corrente sanguínea).Intestino alterado por sua vez, causa má absorção, super crescimento de bactérias maléficas, presença de fungos, perda da permeabilidade/barreira de segurança que impede a absorção de substâncias indesejáveis....

Check list para introdução de novos alimentos

Check list para introdução de novos alimentos1 - Veja com um médico especialista em autismo/nutrição se o seu filho tem intolerância/sensibilidades alimentares;2- Considere eliminar alimentos com Gluten, Caseina, Soja e Açucares;3- Pesquise as diferentes abordagens (estas são as mais comuns) Dieta sem Gluten e sem Casina (GFCF), GAPS;4- Prepare-se:Acredite 100% na abordagem que escolheu; Informe-se de todos os alimentos que o seu filho/a pode comer; Prepare a sua cozinha e faça desaparecer todos os alimentos que o seu filho não pode comer; Explique ao seu filho em que consiste a sua nova dieta e porque será bom para ...

As razões por que não gosto de comer!

Pedimos à Naomi, a filha com autismo da blogger Miriam Gwynne, para tentar escrever algo que explicasse porque é que ela nem sempre gosta de comer e o que faz com que ela não aprecie certas comidas. São estas as palavras dela:“Às vezes, a melhor altura é a hora de ir dormir. É a única altura em que as pessoas me deixam em paz. Deixam de me perguntar coisas como “Tens fome, Naomi?”, “Queres beber alguma coisa, Naomi?”, “Tens a certeza que não queres comer algo?”De qualquer das formas, porque é que as pessoas comem e bebem tanto? Há coisas que prefiro fazer, como ver YouTube e fazer os meus próprios jogos com os meus ...

O sono

As nossas crianças com autismo são como todos nós: Dormem melhor quando o ambiente está perfeito – e exatamente a que está habituado. (Eu, por outro lado, não encaixo nesta regra. Posso encostar-me num colchão de borracha ao lado de um autoclismo e, ainda assim, adormecer). Queremos que os nossos miúdos durmam horas regulares, mas por vezes esquecemo-nos do que é necessário para que isso aconteça com os nossos filhos: Sentido de controlo, um ambiente seguro e previsível, horas de deitar regulares e consistentes, uma dieta apropriada para contribuir para o sono, muitos avisos com antecedência, etc.Ajudemos os nossos filhos a ...

Como podemos ajudar o seu filho a dormir à noite – Parte 1

Questões de sono são uma preocupação muito frequente dos pais de crianças no Espectro do Autismo. Se o seu filho não dorme durante a noite, não se deita tão cedo quanto você desejaria, ainda dorme na sua cama, ou qualquer outra versão do mesmo e você está ansioso pela mudança – por favor continue a ler!O primeiro sítio a verificar quando ajuda o seu filho com questões de sono é a consistência das suas rotinas nocturnas. Analisar esta rotina funciona em primeiro lugar por permitir compreender o que poderá estar a acontecer na rotina do seu filho (ou falta dela). Sendo os seres espantosos, espertos, capazes como são, as nossas ...