84 results for tag: atitude


Se não agora, quando?

Eu estava a trabalhar com uma Mãe maravilhosa, aberta e dedicada, cuja filha tem 14 anos e está no espectro do autismo. Estávamos a falar sobre a noção de abraçar e amar o fato de a vida que tem com a filha ser diferente do que ela esperou que viesse a ser. Quando pegou pela primeira vez na filha ao colo, ela imaginou a adolescente e a adulta que ela se tornaria. Que a vida dela seria cheia de amigos, namoro, casamento e conversas de raparigas.Hoje a filha dela é uma jovem linda e vibrante que adora os “Telly Tubbies” e palhinhas. Embora seja extremamente vocal fazendo montes de sons musicais, não tem as conversas de raparigas ...

O Medo Não Pode Existir no Momento Presente!

Olá gente linda! Quero partilhar convosco uma experiência que tive durante as férias e na qual pude mais uma vez usar uma das estratégias do The Son-Rise Program® durante uma situação desafiante.Eu ia a conduzir a caminho de Boston, Massachusetts, para umas mini férias com a minha melhor amiga, quando fomos atingidas por um nevão. O trânsito começou a intensificar-se cada vez mais à medida que a noite se aproximava, caía tanta neve e soprava por todo o lado, a visibilidade era cada vez pior, e ainda por cima, o meu jacto de água para lavar o para-brisas parou de trabalhar e o gelo que se criou à volta das minha escovas ...

O que fazer para tornar “As Coisas Ótimas!”

Isto é o que todos nós queremos. Todos nós queremos ter aquele sentimento de que tudo está ÓTIMO. À medida que vou trabalhando com famílias de todo o mundo através de Consultas de The Son-Rise Program® ou Outreaches ou quando os pais frequentam os nossos programas aqui no Autism Treatment Center of America, é desejo de quase todos SENTIREM-SE bem sobre o que está a acontecer nas suas vidas, com as suas famílias, com os seus filhos especiais.CONTUDO, muitas vezes, não é isto que experimentam. Porquê? Se nos queremos sentir bem por dentro, se queremos ter experiências de otimismo, alegria, amor e diversão – porque é que ...

Dar o Próximo Passo

Ao ler isto, pare por um momento e pergunte-se a si mesmo o que foi que já fez, disse ou pensou que seja atencioso ou amoroso para com outrem. Se está a ter dificuldade em encontrar algo – retroceda um ou dois dias ou até mesmo a semana passada e encontre algo. Agora, sustenha esse pensamento e permita-se sentir-se bem com o que fez. Pode começar por dizer “sim, mas…” e começar a pensar em todas as coisas com que tem que lidar ou às quais não tem prestado atenção, ou cuidado ou amado. Diga a si próprio que você pensa esses pensamentos muito bem, mas que agora quer parar um momento para pensar numa situação em que foi ...