19 results for tag: comunicacao_verbal


Compreender com o Autismo

A minha criança com autismo consegue compreende 1000 vezes mais do que aquilo que consegue verbalizar. Falar realmente com ela faz a diferença…Autism Treatment Center of America | http://www.autismtreatmentcenter.org/

Você Sabia Que?

VOCÊ SABIA... que um dos maiores erros que fazemos com as nossas crianças, pré-verbais ou semi-verbais, é que falamos demais, o que não lhes deixa espaço suficiente para falar? Raun Kaufman K., autor de Autism BreakthroughAutism Treatment Center of America | http://www.autismtreatmentcenter.org/

Respeitar o “não”

VOCÊ SABIA... que quanto mais nós respeitamos os "Não" dos nossos filhos, o mais provável é eles quererem passar mais tempo connosco e fazer as coisas que estamos a pedir? Kate C. Wilde, autor de Autistic LogisticsAutism Treatment Center of America | http://www.autismtreatmentcenter.org/

Você Sabia Que…?

VOCÊ SABIA... uma das coisas que nós mais negligenciamos com nossos filhos é não explicar o que vamos fazer (ou o que vai acontecer) com antecedência? (E isso inclui as crianças pré-verbais!) Kate C. Wilde, autora de Autistic LogisticsAutism Treatment Center of America | http://www.autismtreatmentcenter.org/

Mês da Consciencialização para o Autismo

SABIA... que a falta de resposta dos seus filhos não significa uma falta de compreensão? O desafio que os seus filhos têm é mostrar-lhe uma resposta que possa compreender. Kate C. Wilde, autora de Autistic LogisticsAutism Treatment Center of America | http://www.autismtreatmentcenter.org/

Incentivar as nossas crianças a comunicar connosco

Olá a todos! Apenas uma nota rápida para vos convidar a fazerem um balanço do que têm trabalhado com os vossos filhos, e inspirada por uma conversa recente que tive ao fazer uma consulta do Son-Rise Program® com um pai que queria ajudar seu filho dizer mais palavras. É muito comum para nós querermos que nossos filhos falem tanto que estamos sempre a solicitar! Se eles se estão a sentir pressionados ou empurrados a falarem, podem abstrair-se e deitar algumas palavras fora, frases ou sons de uma forma desconectada, sem sequer realmente olharem para nós e dizem alguma coisa para nos distraírem e conseguirem aquilo para que estão motivados ...

Discurso limitado ou não verbal

A criança possui um discurso limitado ou não fala? Princípios do Método Son-Rise que pode começar a por já em prática.Para que possa colocar de imediato em prática algumas das técnicas do Método Son-Rise deixamos-lhe alguns princípios que pode começar aplicar desde já com a sua criança.Princípios orientadores: Se ensinar que a linguagem é utilizada para comunicar, (e que não é apenas sons que se memorizam e se repetem), vai mostrar à criança que existe razões para falar. O nosso programa mostra que, se a linguagem for encarada como útil e divertida, a criança ficará motivada para a utilizar.Aplicar os princípi...

Mais dicas para trabalhar a linguagem

Dar espaço às nossas crianças para falar é a chave para ajudá-los com a sua linguagem expressiva. Como podemos fazê-lo?1. Ouça mais, fale menos. Não tenha medo de eventuais momentos de silêncio. Nesses momentos, estamos a dar tempo e espaço às nossas crianças para falar, caso o desejem. Nesses momentos, estamos mais atentos para ouvir o que os nossos filhos estão a dizer, porque estamos a ouvir em vez de falar. Quando eu aprendi a abraçar o silêncio e desfrutar dos momentos mais calmos, eu vi o quão mais, as crianças com quem trabalhei, falavam comigo. Foi assim que me apercebi que o silêncio é um terreno fértil de oportuni...

Dicas para trabalhar a linguagem

Falar através de fantoches e/ou bonecos pode ser o primeiro grande passo para as nossas crianças com autismo praticarem as suas capacidades de conversação. Tenho notado que parece mais fácil para alguns dos nossos filhos ter uma conversa comigo se eles ou eu estivermos a falar através de um fantoche ou boneco de plástico. Acho que tal pode acontecer dado que, deste modo, a criança está um pouco mais afastada da interação e intimidade conjuntas de uma conversa direta. As crianças podem responder a perguntas de porquês ou sentimentos mais facilmente, quando "Homem de Ferro" ou "Mickey Mouse" ou o seu personagem favorito está a colocar ...