24 results for tag: testemunhos


Patrick Samuel – Entrevista

"Sei qual é a cor ou forma eu estou a sentir, mas muitas vezes luto para me expressar com palavras” -  Patrick Samuel, artista e músicoPatrick fala com o National Autistic Society sobre receber um diagnóstico de autismo tardio, como expressar-se através da arte e música ajuda a sua saúde mental, e por que é tão importante que as pessoas com autismo tenham o apoio de saúde mental que é certo para eles… Quando foi diagnosticado com autismo?Fui diagnosticado com autismo quando tinha 38 anos. Veio depois de uma luta de oito anos para obter uma avaliação do autismo no NHS (Sistema Nacional de Saúde). Eu pensei que poderia ...

NÃO SOU SÓ O MEU AUTISMO

Fui diagnosticada com autismo em maio de 2015, com 28 anos. Primeiro, chorei e corri para o quarto. Senti-me como se tivesse levado um murro na barriga e isso deixou-me com falta de ar. Tantos pensamentos apareceram na minha cabeça enquanto lágrimas quentes corriam pela minha cara.«Autismo? Eu? Porquê eu?! Tenho mesmo isto? A minha vida acabou oficialmente. Sempre me senti tão diferente da maioria das pessoas. Pensei que só os rapazes podiam ser ter autismo. As pessoas com autismo não são brilhantes? Porque definitivamente não sou. Nunca serei NORMAL agora. Não deviam ter reparado nisto antes? ODEIO O AUTISMO!”Como podem ver, os ...

O porquê de as festas de aniversário não serem sempre divertidas – Testemunho de James Hunt em “Stories About Autism”

Festas de aniversário e autismo podem ser coisas difíceis de misturar. Uma festa é uma grande mudança relativamente a um dia normal, e pode levar a uma sobrecarga de sensações. De repente existem imensas pessoas a mais, os níveis de barulho aumentam, os presentes, o bolo, as velas, os jogos, a música, a socialização, tudo isto pode ser demais.Depois existe o fator de saber se o seu filho vai ser sequer convidado para uma festa? Irão os outros meninos querê-lo por lá? Se fizer uma festa para o seu filho, alguém irá aparecer?O Jude nunca teve uma festa em 4 anos e também nunca foi a uma. E isso não tem problema, porque estar no ...

O Porquê do Autismo de Alto Funcionamento ser tão desafiador

“Alto Funcionamento” não é sinónimo de “leve”Até este ponto na história há discordância sobre quantas pessoas no espectro do autismo estão na extremidade alta ou baixa do espectro (ou se a maioria das pessoas com autismo estão “algures no meio”). É claro, no entanto, que a maior parte da atenção da comunicação social vai para as pessoas na extremidade alta e baixa do espectro – isto é, o desafio profundo e o de alta funcionalidade.O facto é que a vida com autismo severo é extraordinariamente difícil. A lógica sugere que as pessoas na extremidade alta do espectro têm facilidades – assim como a sua família e ...

Se o mundo fosse feito para mim…

Se o mundo fosse feito para mim, não haveria nada de “errado” comigo. Seria feliz, segura e confiante, e bem-sucedida. Se o mundo fosse feito para mim, quando conheço pessoas não haveria expectativas de contacto físico ou conversa fiada. Poderíamos nos ignorar uns aos outros com um aceitável aceno ou lançarmos-nos para uma conversa profunda e significativa. Se o mundo fosse feito para mim, todos nós nos sentávamos ao lado uns dos outros, não o contrário. As coisas seriam baseadas em palavras literais, não por gestos e expressões deduzíeis. Se o mundo fosse feito para mim, haveria um dia de folga obrigatório depois de um ...

De que forma o meu filho com autismo me mudou

No outro dia estava a falar com um completo desconhecido na paragem de autocarro do acampamento de férias do meu filho. Conversámos como velhos amigos. Há algo que nos une a todos… as experiências, a dor, a alegria e as aprendizagens. Há tanto para partilhar. Finalmente despedimo-nos, prometendo um almoço juntamente com uma sessão de spa… sabendo bem que é mais fácil dizer do que fazer.No regresso, pensei… Nunca fui o tipo de pessoa que simplesmente abordava alguém e começava a conversar. Preferia o conforto da familiaridade. E hoje, aqui estou eu, a conversar com alguém que nunca tinha conhecido e a sentir-me muito relaxada ...

Porque perdoei as pessoas que fizeram bullying comigo por causa do meu autismo

Viver com autismo tem sido uma viagem muito positiva para mim. É como se o meu autismo fosse um dom que posso partilhar com o mundo.Contudo, nem todas as pessoas percebem isso, e podem fazer-te passar pela pior coisa pela qual ninguém deveria passar: o bullying.Ser vítima de bullying por ter autismo pode mesmo fazer estragos. Sei que quando passei por isso, apenas chorava e chorava e sentia mesmo dores fortes pelo meu corpo. À medida que me fui tornando mais velha, percebi que não sou o problema. O problema são aqueles que têm necessidade de fazer bullying comigo por algo que é parte de mim. Mas depois penso também o quão ...

Carta de uns pais para o pessoal do Son-Rise Program®

"Olá Becky, Brandi, Michelle e Susan, De vez em quando, o Hayden partilha comigo algumas experiências passadas. Memórias de quando ele não conseguia comunicar devidamente comigo. Hoje, quando íamos da escola para casa, ele disse “Mãe, lembras-te quando fomos de viagem e havia um rato na casa?” Eu não sabia bem do que ele estava a falar. Então, ele disse ”Sabes, onde vivem os amigos do Gerd.” (Ele estava a falar da casa do Son-Rise Program® no campus do Autism Treatment Center of America) “Senti-me tão amado." São momentos destes que me aquecem o coração. Quando vivíamos o autismo do Hayden, senti que estávamos no caminho ...

Não interessa quem diz “NÃO”. Vocês podem dizer “SIM”.

À esperança... sim. A possibilidades ainda não descobertas… sim. A desafiar os especialistas… sim, sim claro. A querer mais do que é considerado razoável… sim, completamente. A imaginar a nossa criança com autismo a socializar, a abraçar, a conversar, a ir para a escola, a tornar-se um astronauta… sim, está no seu direito! Cada nova possibilidade começa com uma pessoa que se atreve a sonhar. Cada nova possibilidade começa com a ação de uma pessoa para concretizar esse sonho. Quando eu e Samahria criámos o primeiro Son-Rise Program para o nosso filho, os pessimistas ridicularizaram o nosso otimismo e entusiasmo, a nossa determin...

Ser voluntário de uma criança com autismo

Ser um voluntário para uma pessoa com Autismo pode ajudar a criar uma rede social de ajuda, apoio e amor, não só para a pessoa com Autismo mas para toda a sua família. E a melhor parte disto é a incrível experiência enriquecedora que o voluntário recebe, pois as pessoas com autismo podem ensinar muito os outros… a ser autêntico, honesto, a estar presente, a não julgar, a ser criativo, inteligente, divertido, etc. etc. Abrace esta experiência e permita que a sua vida seja tocada e modificada por uma pessoa com autismo!Torne-se um voluntário de uma pessoa com autismo e permita que a sua vida seja tocada e modificada nas mais belas ...