127 results for tag: The Son-Rise Program® principios


Porque é que a sua criança anda nas pontas dos pés?

  A sua criança anda muito nas pontas dos pés? Não é a única. Muitas crianças neste espectro fazem isso. (Quando tinha autismo também o costumava fazer!) Em muitos casos, as pessoas tentam de tudo para parar com o andar nas pontas dos pés e, por vezes, é sugerida a cirurgia. No Programa Son-Rise®, a nossa missão é sempre tentar perceber primeiro. Relativamente ao andar nas pontas dos pés existem várias teorias/ possibilidades:1) Hipersensibilidade tátil, em que a criança acha que a pressão na parte inferior dos pés ou do calcanhar é desagradável e a tenta evitar;2) Um sistema propriocetivo hipossensível, que ...

Princípios-Chave: A criação de um quarto de brincar para aplicar o The Son-Rise Program®

Os princípios do The Son-Rise Program® tornam-se ainda mais eficazes quando integrados ao dia-a-dia da criança. Eventos diários como as refeições, os hábitos de higiene e a hora de dormir representam ótimas oportunidades para encorajar o desenvolvimento social. Muitas crianças com autismo também necessitam de um ambiente especialmente construído para auxiliar na aceleração da aprendizagem. Sendo assim é fundamental criar um ambiente propício para trabalhar com a sua criança, começando com a construção de um quarto de brincar.Cada família é diferente. Sendo assim, cada quarto de brincar também deve ser diferente. Mas há ...

Dicas para promover o contacto visual

Se quer que a sua criança, no espectro do autismo, olhe mais vezes para si coloque-se onde seja fácil para ela ver os seus olhos.    Quando ela olhar para si, lembre-se de agradecer e festejar. Ela estará a fazer algo verdadeiramente fantástico, mas que lhe pode ser difícil.  Autism Treatment Center of America, http://www.autismtreatmentcenter.org/

Sabia que…

SABIA QUE... independentemente do que os outros dizem, o futuro da sua criança ainda não foi escrito? As possibilidades para o futuro da sua criança são infinitas! O que a sua criança faz hoje não lhe diz nada sobre o que a sua criança será capaz de fazer no futuro. A nossa crença e convicção do que as nossas crianças poderão fazer um dia, irá inspirá-las a conseguir atingir os mais elevados patamares e a crescer de forma incrível! Raun K. Kaufman, autor de "Autism Breakthrough"

Sabia que…

SABIA QUE... a sua atitude e o seu estado emocional têm um grande efeito na recetividade das suas crianças? Quando estamos chateados, desconfortáveis, preocupados, cansados ou zangados, a nossa criança vai perceber isso e, em vez de se aproximar de nós, afasta-se.Por isso, quando estamos recetivos, amáveis, acessíveis e relaxados as nossas crianças também o vão perceber e aproximam-se em vez de se afastarem. Tal como nós fazemos com as pessoas que nos rodeiam.Raun K. Kaufman, autor de "Autism Breakthrough"

Sabia que…

SABIA QUE... quando está a ser divertido, amável e a aceitar a sua criança, torna-se num embaixador convidativo ao mundo da socialização? É provável que a sua criança tenha mais vontade de se relacionar socialmente quando você faz isso.Raun K. Kaufman, autor de "Autism Breakthrough"

Como está a medir o sucesso? E se hoje medisse o sucesso pelo quanto amou, quão presente esteve e quanta alegria sentiu?~Autism Treatment Center of America, http://www.autismtreatmentcenter.org/

As Razões Principais dos Comportamentos Desafiantes

No Autism Treatment Center of America...TODOS os meses são meses de Consciencialização para o Autismo.SABIA QUE... 4 razões pelas quais as nossa crianças nos batem são: 1.Estão a tentar comunicar algo. 2.Querem ver a nossa reação. 3.Estão a tentar equilibrar a sobrecarga sensorial4 Estão a tentar fazer o que acham que os protege Kate C. Wilde, autora de “Autistic Logistics”

Posicione-se para o contacto visual…

Colocar-se à mesma altura, ou mais abaixo, de uma criança com Autismo é uma técnica extremamente eficaz, mas ainda ignorada, para o contacto visual. Tente hoje com a sua criança com Autismo.Autism Treatment Center of America, http://www.autismtreatmentcenter.org/

Dicas para as idas à casa de banho

Agora já está mais à vontade com a história da ida à casa de banho. Retratou como é fantástico e maravilhoso usar a sanita. Mostrou à sua criança com autismo o seu cocó e para onde este vai. Por favor, continue a fazer isto à medida que avança para o passo seguinte.Agora... chegou a altura de largar as fraldas!  A melhor forma de a sua criança ter mais consciência da sua própria vontade de fazer xixi e cocó é colocar-lhes cuecas. Invista em cuecas divertidas e interessantes que possa começar a usar. Se a sua criança é pequenina e gosta do Rato Mickey ou do Noddy, compre cuecas com esses desenhos. Se a sua criança é criativa, ...