24 results for month: 11/2013


Assunções e o Autismo

Nós NÃO SABEMOS o que é que as nossas crianças estão a PENSAR ou  a SENTIR até que elas nos digam! Nós apenas sabemos o que elas FAZEM.Podemos tirar conclusões a partir das suas ações para as ajudar da melhor forma mas NUNCA podemos saber realmente o que elas SENTEM ou PENSAM a não ser que nos digam.Quando assumimos que o nosso filho está “Frustrado”, "Ansioso", "Nervoso", "Aborrecido", etc., FECHAMOS portas. Quando olhamos para as suas ações e não decidimos por nós próprios com se sentem,ABRIMOS portas de OPORTUNIDADE!Em vez de assumir com se sente o seu filho, olhe para o que ele está a fazer. Talvez lhe pareça ...

Quando o seu filho não consegue aquilo que quer!

Tal como foi pedido por um pai , aqui ficam algumas coisas a fazer quando o seu filho com autismo não consegue aquilo que quer e por isso choraminga, chora ou de alguma forma mostra que está infeliz. O exemplo que este pai deu foi que quando alguém entra no playroom (quarto de brincar) onde está o filho dele, se não for a Mãe, a criança fica ao pé da porta a chorar e a querer sair. Eu sei que isto acontece muitas vezes, por isso aqui ficam algumas ideias do que fazer quando isto acontece. Isto também se aplica a outros cenários e limites que estabelece ao seu filho, tais como quando ele quer deitar o seu creme de corpo caríssimo pelo ...

Voltar sempre ao Joining!

Uma coisa que acontece muitas vezes quando ensino o The Son-Rise Program® aos pais,  é pensarem que há um tempo específico para se unirem ao isso ( estereotipia) do filho e que depois… já está. Bem, aqui está uma notícia de última hora … no The Son-Rise Program® nós voltamos SEMPRE ao joining! Enquanto as nossas crianças tiverem ismos, nós juntamo-nos a elas. Eu acabo de passar duas horas maravilhosas no playroom com o meu amigo lindo, o David. Durante as últimas semanas ele tem estado espantosamente interativo, por vezes até uma hora seguida. Parece que nos últimos meses ultrapassou o seu ismo de rodar carros para ...

Lições sobre Largar: nº1

Querer Versus Precisar em Auto-Estudo A última vez que aqui publiquei alguma coisa foi em Março, após o nosso espetacular The Son-Rise Program®. Foi nessa altura que comecei o meu caminho de “largar”, e aconteceu tanto desde então – comigo, com o Jordyn, com o nossoprograma, e com a nossa equipa – por isso - fique atento :). Durante o Intensive, comecei a perceber o quanto eu precisava de controlar o que me rodeia – que as coisas tinham que se passar de maneiras específicas, que eu nunca me sentia satisfeita com os resultados que estava a gerar com a equipa, com o Jordyn, na minha relação, etc. Comecei a descobrir e a ...

Lições sobre Largar nº2

 Querer versus Precisar com os nossos Filhos Todos nós aceitamos completamente onde os nossos filhos se encontram no modelo de desenvolvimento, certo? O que queremos é pura e simplesmente mais de NÓS próprios, certo? Bem, sugiro que reserve algum tempo para olhar para dentro. Porquê? Pois bem, continue a ler… foi só quando dei um passo atrás e olhei com objetividade para as minhas ações e para os meus sentimentos que pude realmente ver que eu precisava do desenvolvimento da linguagem expressiva do Jordyn, e que pude ver a pressão que lhe criávamos para que falasse. Quando eu transformei essa necessidade numa vontade ...

Diferente Não Significa Pior

Já viu alguma vez o seu filho a fazer algo consigo que não faz com mais NINGUÉM? Talvez seja apenas na sua sessão que ele tente constantemente sair do playroom? Talvez queira que você só cante “Doidas, doidas, doidas, andam as galinhas” e com todos os outros jogam todo o tipo de jogos diferentes? O seu filho só quer falar sobre gelados consigo? Ou tem que fingir que é um bebé durante uma hora inteira? Talvez seja um voluntário e ele o mande para um canto e o mande estar quieto? Oiço muitas vezes as famílias e os voluntários de The Son-Rise Programs® dizer “Ele/ela só o faz comigo!” Se você se vir a ter um tipo de ...

Segurar em Objetos!

Esta semana temos dois rapazinhos de 6 anos com autismo nos programas de formação aqui no The Autism Treatment Center of America. Eles têm personalidades e estágios de desenvolvimento muito diferentes mas têm uma coisa em comum, são apegados a determinados objetos. Um dos rapazinhos segurou em objetos durante todo o dia de hoje, ou 4 letras magnéticas, ou dois brinquedos de roer ou uma peça de lego em forma de L. O outro rapazinho usou um chapéu cor-de-laranja abóbora o dia todo. Faziam-me lembrar-me um rapazinho com Autismo com quem trabalhei há muitos anos e que segurava numa embalagem de massa instantânea pressionando o dedo ...

Faça Son-Rise a Si Mesmo!

Quando trabalhamos nos nossos playrooms de The Son-Rise Program® com as nossas crianças, adoramo-las incondicionalmente e aceitamo-las por quem são e acreditamos que elas fazem o melhor que podem, não fazemos julgamentos nenhuns sobre elas, achamo-las divertidas e ficamos muito entusiasmados por estarmos com elas. Mas e nós? Quando estamos nos nossos playrooms, amamo-nos incondicionalmente? Aceitamo-nos pelo que somos, acreditando que estamos a fazer o melhor que podemos, estamos sem fazer julgamento nenhum sobre nós mesmos, achamo-nos divertidos e sentimo-nos muito entusiasmados por estarmos connosco mesmo? A minha aposta é ...

Festeje com Ações

Permitam-me partilhar convosco as formas pelas quais podemos FESTEJAR usando AÇÕES no PLAYROOM do The Son-Rise Program®!!!! DIVIRTAM-SE EXPERIMENTANDO ISTO! Salte à volta do playroom Dê vivas (aplauda) silenciosamente usando todo o seu corpo para expressar o seu amor e entusiasmo Gire à volta do playroom Corra à volta do playroom Cante uma canção sobre a criança com quem está Dance e contorça o seu corpo Abra muito os olhos com entusiasmo e animação Faça um desenho para o seu filho Faça um carrinho de mão que atravessa o quarto Ofereça um beijo ao seu filho Ofereça um abraço ao seu filho ...

Temas e Atividades Para o Playroom do The Son-Rise Program®

Trazer Temas e Atividades Para o Playroom do The Son-Rise Program®  Uma maneira fantástica de ajudar o seu filho a aprender e a crescer é criando e apresentando temas e jogos para brincar com o seu filho no Playroom do The Son-Rise Program®. Porque é que os temas e os jogos são tão importantes? 1)Trazem entusiasmo e variedade à vida do seu filho e brincadeira para o playroom, mantendo a novidade e o interesse. 2)Ajudam a motivá-lo a si a ser mais dinâmico e a ser mais forte no seu papel de amigo ou facilitador para o seu filho. 3)Inspiram o seu filho a interessar-se pelas ideias dos outros e ajudam-no a ser mais flexível ...