A escada da comunicação verbal

No que toca às crianças com autismo, sabemos que algumas delas podem ter atraso na fala e que muitas desenvolvem esta competência mais tarde que a média. 

Contudo, o facto de uma criança ter um atraso na fala, não quiser que não venha a falar. 

O maior erro que cometemos, é quando a nossa criança ainda não fala e está atrasada nesse campo comparando com a média e queremos que comece a falar, como falam as outras crianças da sua idade. 

Ora, a comunicação verbal é um processo e tem vários degraus que devem ser subidos antes de chegar à parte que tanto queremos e desejamos: que as nossas crianças se comuniquem verbalmente conosco!

Elas vão lá chegar mas temos de respeitar o processo e apesar de haver um “atraso”, é importante não saltar nenhuma etapa. Como qualquer área, a nossa criança precisa primeiro das bases e por isso vos apresentamos a escada da comunicação! 

A ideia desta escada é ajudar-vos a perceber em que degrau está a vossa criança, pois será por aí que irão começar. 

Se a minha criança ainda não diz partes de palavras, não posso esperar que já diga frases ou palavras completas. Temos de ir com calma e passinho a passinho, milimetro a milimetro…

Desta forma, os degraus da comunicação são os seguintes: 

1º começa a comunicar através de choro, birras, comportamentos como empurrar / mover fisicamente a sons parciais de palavras. Exemplo: ca para carro. 

2º começa com partes de palavras para palavras isoladas. Exemplo: carro. 

3º passa da palavra isolada para frases de duas a três palavras. Exemplo: carro vermelho OU quero carro. 

4º passa de frases de duas a três palavras para frases mais complexas. Exemplo: mãe quero o carro vermelho.

5º passa de frases completas para ciclos de conversa. Exemplo: filho que carro queres? Quero o carro amarelo.

6º passa de um ciclo de conversa para vários ciclos de conversa.

7º passa de vários ciclos de conversa para conversas gerais.

Sabemos que esta área é uma área que preocupa imenso os pais mas é muito importante respeitarem estes degraus da comunicação, pois só assim a vossa criança conseguirá num futuro ter conversas convosco como tanto gostariam que tivesse. 

Imaginem que queriam correr a maratona. Não iriam já de seguida começar a correr os 42 km! Iriam-se preparar e se calhar começar com 5 e gradualmente ir aumentando o grau de dificuldade. 

Com as nossas crianças é exatamente igual! É um músculo que temos de estimular e exercitar e é possível fazê-lo! Conhecemos vários casos de crianças não verbais que passaram a ser altamente verbais e que hoje em dia contam aos pais o que fizeram nas escolas. Mas como qualquer outra área, é um processo e saltar etapas não vale 🙂 

Já temos vários artigos sobre o tema e várias dicas para te ajudar principalmente se a tua criança tem um atraso na fala. Procura no nosso blog pelo hashtag #comunicacao_verbal e vê toda a informação que temos para ti!