28 results for tag: comportamentos_desafiantes


Birras: O que devemos fazer?

As birras aparecem por diversas razões e vamos mostrar o que é que as nossas crianças nos querem transmitir e qual é a melhor forma de reagir. As dicas que iremos apresentar podem ajudar qualquer criança, seja qual for a sua idade ou diagnóstico. O objetivo das próximas sugestões são para que a criança consiga comunicar de forma mais calma e descontraída e perceber que com gritos, choros e birras não é a melhor forma de comunicar e expressar o que sente. Mas afinal, o que as birras transmitem? Comunicação Quando a criança chora, grita, bate com pés, destrói algo… está simplesmente a tentar comunicar connosco. É apenas a ...

Comportamentos auto-agressivos: O que fazer?

Muitas vezes no espetro do autismo, podemos assistir a vários comportamento de auto-agressão nas nossas crianças, tais como: bater com a cabeça na parede/chão, até fazer hematoma; ver a criança a morder a mão com tanta força que fica a marca dos dentes; a criança a auto agredir-se a si própria com estaladas ou até mesmo murros na sua própria cabeça, barriga ou outra parte do corpo... É um momento que pode ser muito difícil de gerir, principalmente para pais e cuidadores, pois ver a sua própria criança a auto agredir-se pode ser bastante angustiante e o medo invade muito facilmente sendo o nosso foco tentar arranjar estratégias para ...

Quando a criança bate, belisca, morde, ou tem algum tipo de comportamento indesejado para ver reações

Crianças no espetro do autismo têm dificuldade em comunicar e muitas vezes arranjam alternativas altamente eficazes para obter o que querem. Muitas destas alternativas pode ser através de comportamentos indesejados tais como o bater, morder, beliscar, puxar cabelo... O primeiro passo é tentar perceber qual a razão, o que leva a criança a comunicar dessa forma. Existe sempre uma razão! Está na altura de colocar os seus óculos de detetive e ir à procura do que motiva a sua criança a adotar esse tipo de comportamento :-) Em alguns casos, as crianças usam o morder, beliscar, arranhar para obter uma reação (como por exemplo o choro, gritos, ...

Como dizer não à sua criança e como responder às reações indesejadas?

Colocar limites ou dizer não às nossas crianças muitas vezes leva à frustração, o que leva consequentemente a respostas emocionais que se traduzem em comportamentos mais indesejados e desafiantes como birras, morder, puxar cabelos, cuspir, entre outros. Que estratégias podemos usar para facilitar e/ou gerir quando estas situações acontecem? Antes de mais, é importante analisarmos se todos os "nãos" que utilizamos para repreender as nossas crianças são efetivamente todos necessários. Muitas vezes dizemos não de forma automática mas será sempre necessário usar essa palavra? Claro que alguns "nãos" são fundamentais e não podem ser ...

Comportamentos Desafiantes: causas e como lidar com eles?

Toda o comportamento é uma forma de comunicação. E no caso dos comportamentos desafiantes, estes não são excepção à regra. Existem de facto quatro razões principais para os comportamentos desafiantes: 1. Estão a tentar comunicar algo. 2. Querem ver a nossa reação. 3. Estão a tentar equilibrar a sobrecarga sensorial. 4. Estão es tentar fazer o que acham que os protege. Quando a criança grita, chora bate, atira objetos, etc... A criança está a usar estes comportamentos porque funcionam. Se a criança começar a gritar, a morder, a beliscar... É porque aprendeu que essa é a maneira de comunicar para conseguir o que quer. Se ...

Estabelecer limites

Parte do processo de aprendizagem e crescimento, é a criança aprender que nem sempre se obtém o que se quer. Para qualquer criança, uma parte principal da sua atenção no dia a dia é focada em obter o que quer exatamente quando quer, como por exemplo comida, bebida, um brinquedo em especial, jogar num jogo específico, um passeio, etc. Temos desta forma crianças focadas em obterem o que querem e nós pais, a decidirmos o que é que eles podem ou não ter. E este é precisamente um dos papéis que temos enquanto pais - estabelecer quais os limites que queremos para os nossos filhos. Como pais, também temos a preocupação, que os nossos ...

Crises vs Birras: Qual a diferença?

As crises e as birras são muito semelhantes e por essa razão, são por vezes difíceis de distinguir. Mas a sua distinção é importante para sabermos como agir ou que estratégias aplicar para em ambos o casos, ajudar a criança. Uma coisa que temos de ter sempre presente em mente é que qualquer comportamento é uma forma de comunicação. Quando a criança chora, grita, morde, se auto-agride... Está a tentar comunicar algo e o nosso desafio é tentar entender o que nos está a tentar dizer para ajudá-la por sua vez a comunicar de uma forma mais eficaz. Quais as principais diferenças? Orientado para o objetivo vs sobrecarga. Birras: uma ...

Lidar com comportamentos desafiantes: agressividade & auto-agressão

Lidar com comportamentos de auto-agressão Na maioria dos casos, quando as crianças batem em si mesmas, é demasiado energia acumulada e o entusiasmo é tanto que não encontram nenhuma maneira de se livrar dela anão ser através deste tipo de comportamento; ou, poderá igualmente ser a sua vontade de provocar uma reacção nas pessoas ao seu redor. Primeira coisa a tentar: oferecer outras maneiras de libertar a sua energia, como apertar o corpo ou sugerir correr às voltas da sala com eles. Se tiver a sensação de que a criança está a chegar um desses períodos de auto-agressão, dê-lhes os apertos antes do período, se possível. Se ...

Comportamento físico desafiador como morder, beliscar, esbofetear, cuspir e puxar cabelo.

Podem existir razões médicas, sensoriais, comportamentais ou relacionadas com a comunicação que provoquem estas reações a uma pessoa no espectro do autismo. Dor física, desconforto ou problema médico A pessoa pode sentir-se mal, cansada, com fome, com sede ou desconfortável. Morder pode ser devido à dor na boca, dentes ou maxilar. Cuspir pode estar relacionado com dificuldade em engolir ou produzir demasiada saliva. Agressão pode ser devido a alterações hormonais adolescentes. Procura de entrada sensorial Mastigar e morder fornecem informações sensoriais para o sistema propriocetivo, que regula as diferentes partes do ...

COMPORTAMENTO AGRESSIVO: CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM AUTISMO

Crianças com perturbação do espetro do autismo podem se comportar de maneira agressiva consigo mesmas ou com outras pessoas. Existem muitas estratégias que pode usar para prevenir e lidar com o comportamento agressivo ou auto agressivo do seu filho.   Comportamento agressivo, autoagressão e perturbação do espetro do autismo Crianças com autismo não necessariamente expressam raiva, medo, ansiedade ou frustração da mesma maneira que outras crianças. Elas podem, algumas vezes, expressar estes sentimentos por meio de um comportamento agressivo com outras crianças. De vez em quando elas são agressivas consigo mesmas, o que é ...