30 results for tag: comunicaçao


Dicas para desenvolver a comunicação verbal da sua criança

Algumas crianças com autismo podem desenvolver a linguagem muito mais tarde do que crianças com desenvolvimento normal, o que significa que mesmo que a sua criança ainda não comunique verbalmente, não significa que nunca o irá fazer, apenas poderá demorar mais do que o que é considerado a média. O primeiro passo é acreditar que a sua criança é capaz de aprender a comunicar-se verbalmente, mesmo que até ao momento ainda não o tenha feito. Ao trabalharmos com as nossas crianças, a nossa atitude e crenças têm uma papel fundamental ao longo de todo o processo. Se trabalharmos com elas tendo por base a crença de que são capazes, o ...

A importância do contacto visual e como estimular a sua criança a olhar mais para si?

Atualmente estamos todos um pouco “desligados” do contacto visual. Distraímo-nos diariamente com aparelhos eletrónicos que fazem com que evitemos olhar nos olhos das pessoas pelas quais passamos na rua ou nos fazem esquecer da importância de olhar nos olhos dos nossos amigos e familiares. Nas crianças com autismo pode acontecer da mesma forma, mas por razões diferentes. Seja pela dificuldade em olhar nos olhos, porque estão expostos a diversos estímulos, e/ou para evitar a interação social. Mas porque é importante o contacto visual? Desenvolver o contacto visual é muito importante pois, é através da observação que, muitas ...

Desenvolver a comunicação verbal da sua criança: dicas & soluções

A área da comunicação verbal engloba duas componentes fundamentais: 1. alguém falar e 2. alguém estar a ouvir. No caso das perturbações do espetro do Autismo, é uma área para eles muito desafiante. Alguns podem ter a comunicação verbal bem desenvolvida, no sentido que têm um vocabulário bastante extenso, conseguem fazer frases e responder a algumas perguntas, mas mesmo assim têm uma dificuldade em manter um diálogo com uma pessoa, sobre um tema que não seja dentro do seu foco de interesse, ou dificuldade em partilhar experiências/emoções/sentimentos. Que estratégias podemos utilizar para ajudar as nossas crianças a usarem ...

Encorajar o seu filho a comunicar verbalmente vs usar outras formas de comunicação

  Quando se tem um filho no Espectro do Autismo, depara-se com muita informação. Há uma infinidade de abordagens e ideias que estão disponíveis para si. Muitas vezes pode-se sentir sobrecarregado na missão de apoiar o seu filho da melhor maneira possível e sentir-se um pouco perdido em relação ao que tentar e quando tentar. Cada objetivo com o qual quer trabalhar tem uma intenção e implica entrar em contacto com o que se acredita. Saber o que quer irá ajudá-lo a entender a razão pela qual está a tentar uma estratégia específica e, de seguida, aprender as ferramentas para o fazer. Se sonha que o seu filho seja capaz de ...

O que é Apraxia oral?

A apraxia oral é uma desordem motora que faz com que uma pessoa não consiga movimentar adequadamente seus lábios, mandíbula ou língua ( quando solicitado) para produzir adequadamente palavras e / ou fazer expressões faciais apropriadas. Alguns podem ser incapazes de controlar sua respiração ( quando solicitado) também. NOTA: Nos casos em que a questão principal é a comunicação verbal, e não o movimento facial, um distúrbio semelhante chamado apraxia verbal ou apraxia da fala pode estar em jogo. Enquanto os dois são considerados distúrbios separados, eles compartilham semelhanças e muitas vezes existe comorbidade. Este artigo inclui ...

Perguntas! Perguntas! Perguntas!

  Que cor é esta? Quantos balões estão ali? O que queres comer? Queres que te faça cócegas? Como é que isto se chama? Queres que te cante uma música? O que é que queres? É isto que tu queres? Queres que finja que sou um cão? Que som faz o gato?   Quantas perguntas por dia fazem às vossas crianças? As perguntas são parte da forma como nós comunicamos no dia-a-dia com as pessoas, elas podem ser úteis, mas também são demasiado utilizadas quando estamos a trabalhar com as crianças com autismo. Pode parecer que estamos a testar a criança e desligá-la de querer comunicar connosco.   Algumas Reflexões a considerar ...

Inspire o seu filho a usar a comunicação verbal….

Inspire o seu filho a usar a comunicação verbal em vez de outras formas de comunicação ( PEC´S, Linguagem Gestual, App´s) Quando temos um filho no espectro do autismo, deparamo-nos com tanta informação. Há uma multiplicidade de abordagens e idéias diferentes que estão disponíveis. Muitas vezes sentimo-nos sobrecarregados na busca da melhor forma de apoiar o nosso filho da melhor maneira possível e ficamos perdidos com o que tentar e quando tentar. Cada objetivo com o qual quer trabalhar com seu filho toma intencionalidade e está em contato com o que você acredita. Saber o que quer irá ajudá-lo a entender porque está a tentar uma ...

Dicas de linguagem

É uma das poucas pessoas que consegue entender o que a sua criança está a dizer? Quando a sua criança está a comunicar verbalmente com alguém mais próximo, a resposta que têm normalmente é “O quê?”? Se é este o caso, então, sugerimos que trabalhe a clareza de discurso com a sua criança, antes de a ajudar a dizer mais palavras ou frases mais longas. O primeiro passo para a ajudar com isso é observar como a criança forma as palavras e as frases. Eis três principais fatores a verificar: A boca: abrem demasiado a boca quando falam e raramente juntam os lábios? Ou ficam com a boca demasiado fechada, mal a abrindo para falar? Ambas ...

Posicione-se para o contacto visual…

Colocar-se à mesma altura, ou mais abaixo, de uma criança com Autismo é uma técnica extremamente eficaz, mas ainda ignorada, para o contacto visual. Tente hoje com a sua criança com Autismo. Autism Treatment Center of America, http://www.autismtreatmentcenter.org/

Quer aumentar a capacidade do seu filho usar mais linguagem?… Ouça mais!

Independentemente do nível de linguagem do seu filho neste momento, esta técnica é PODEROSA, qualquer um a pode aplicar e é tão EFICAZ! Se o seu filho ainda não é verbal ... acredite no PODER DE ESCUTAR, irá ouvir mais do pensa que consegue. Se ele fizer um som do tipo conversação, pare de falar e ouça animadamente. Se ele está a dizer uma palavra, PARE e escute, garanta que ouve tudo, não precisa de repetir o que ele diz, permita que o escutar aconteça. Se ele está a dizer uma frase ou a fazer uma afirmação, mesmo que já a tenha ouvido antes, imagine que é a primeira vez que a ouve. Se ele fala incessantemente sobre o mesmo ...